De que precisa para pilotar drones em Portugal em 2021? - Você quer ser piloto profissional de drones?

Você quer ser piloto profissional de drones?

De que precisa para pilotar drones em Portugal em 2021?

De que precisa para pilotar drones em Portugal em 2021?

O mundo dos drones já descolou, tanto a nível recreativo como profissional. A entrada do novo regulamento europeu de UAS, desenvolvido pela EASA e aplicado pela ANAC, mudou as regras do jogo. Todas as pessoas que desejem voar aeronaves não tripuladas terão de se familiarizar com novos conceitos.  Através deste artigo, os especialistas da Aerocamaras explicar-lhe-ão tudo o que precisa de saber para pilotar drones em Portugal em 2021.

Índice:

Preciso de me registar como operador de drones?

Qualquer pessoa que queira pilotar um drone (excepto se trabalhar para um operador de drones ou se trabalhar no combate a incêndios, busca e salvamento, polícia, alfândegas, etc.) deve ser qualificada como operador de drone com a ANAC (Autoridade Nacional da Aviação Civil). Quando se qualifica como operador de drone recebe um número de operador que deve ser visivelmente incluído no drone.

Todos os pilotos de aeronaves não tripuladas, que voem drones com mais de 250g, ou que contenha um sensor de captação de dados pessoais (por exemplo uma câmara fotográfica, de vídeo ou microfone) deve registar-se como operador de drones. Se estiver apenas interessado em pilotar pequenas aeronaves, ou aeronaves maiores mas longe das pessoas ou de qualquer ambiente urbano, ou seja, para a categoria aberta, o operador básico de drones da Aeromacaras será suficiente.

Torne-se operador de drones na categoria aberta

Se quiser pilotar aeronaves com características semelhantes às de um Mavic 2 PRO, um Phantom 4, ou aeronaves mais pesadas e em ambientes urbanos ou fora do alcance visual (BVLOS); terá de se qualificar como operador de drones na categoria específica (STS1 e STS2). Estas características fazem que a maioria dos pilotos de drones efectuem este tipo de registo de operador UAS. Tal como no caso do operador de drones de categoria aberta, o número do operador deve ser visivelmente afixado no drone.

Torne-se operador de drones na categoria específica

Quem precisa de formação como piloto de drones?

Qualquer piloto de uma aeronave não tripulada deve adquirir a competência mínima necessária para operar o drone. A complexidade da formação e o nível dessa competência é determinado pelo nível de risco associado à categoria de operação. Portanto, para pilotar pequenos drones (até 900gr) ou para pilotar drones maiores mas longe de pessoas, áreas residenciais, áreas comerciais, industriais ou recreativas, o Curso básico piloto de drones (A1/A3) da Aerocamaras será suficiente. Esta formação é completamente online e permitirá aceder a vídeos explicativos, programas preparados pelos nossos instrutores, tutoriais em vídeo online e testes de exemplo para que chegue preparado para o exame oficial da ANAC.

Inicie agora o seu Curso básico piloto de drones (A1/A3)

Para pessoas interessadas em voar drones ligeiramente maiores (até 4kg) longe das pessoas e em ambientes urbanos, o Curso básico piloto de drones (A2) será suficiente. Esta formação tem uma parte em linha e uma auto-prática. Com Aerocamaras poderá aceder a vídeos explicativos, programas elaborados pelos nossos instrutores, tutoriais em vídeo online, testes de exemplo para que chegue preparado para o exame oficial da ANAC e um guia detalhado, com vídeos, sobre como fazer as manobras mais comuns com drones.

Inicie agora o seu Curso básico piloto de drones (A2)

Para todas as pessoas interessadas em trabalhar com drones ou ter todos os níveis de formação cobertos, recomendamos o Curso Oficial Piloto Profissional de Drones (STS). Este curso permitir-lhe-á pilotar drones até 25kg para além do seu alcance visual (BVLOS) e na maioria das operações habituais. Esta formação tem uma parte teórica em linha e uma parte prática. Com Aerocamaras poderá aceder a vídeos explicativos, programas de ensino preparados pelos nossos instrutores, tutoriais em vídeo online e testes de exemplo para que chegue preparado para o exame oficial da teoria da ANAC. A parte prática terá lugar num dos nossos centros de formação espalhados por todo Portugal (Lisboa, Porto, Coimbra e Faro).

Inicie agora o seu Curso de preparação para os cénarios padrão STS-01 E STS-02

Sou obrigado a ter um seguro?

A necessidade de um seguro de responsabilidade civil tornar-se-á obrigatória após a densificação das condições de celebração de um contrato de seguro para os drones, com peso superior a 900g. O Decreto-Lei n.º 58/2018, obriga a contratação de seguro pelos pilotos que voam aeronaves não tripuladas (UAS) com mais de 0,900Kg (900g). Por esta razão, é importante ter especialistas em gestão aeronáutica para o aconselhar na contratação do seu seguro. Pode contactar a equipa Aerocamaras pelo telefone 800 500 861 ou escrevendo para info@cursodedrones.pt.

Reserve já o seu seguro de drone 

Outras restrições ao voo

Para além dos regulamentos EASA e ANAC, existem outras limitações ao voo de drones em lugares específicos. Áreas próximas de campos aéreos, áreas militares, infra-estruturas críticas, zonas de proteção ambiental, etc., requerem outros tipos de licenças e coordenação de voos. Ao planear o seu voo deve ter em conta o lugar onde vai realizar a sua operação. Também existem voos em cenários não normalizados ou dentro de CTR (espaço aéreo controlado). Se estiver interessado neste tipo de voos pode contactar a equipa de especialistas em gestão aeronáutica da Aerocamaras e aconselhá-lo-emos nas suas operações com drones.

Após a entrada em vigor do novo Regulamento Europeu de Drones (UAS), tanto a utilização recreativa como profissional das aeronaves não tripuladas depende do tipo de aeronave que se voa e da operação que se vai realizar.  Isto significa que para pilotar drones, a partir deste ano 2021, todos os pilotos terão de cumprir os requisitos explicados neste artigo, tanto operacionais como de formação, independentemente do motivo do voo.

Diga-nos nos comentários o que pensa do novo panorama que a entrada da nova regulamentação europeia deixa na indústria dos drones e se está a pensar em tornar-se um piloto de drones.

Inscreva-se para mais informações como esta!